BY JADE,

Bate Papo: Quer mudar? Mude! Seu cabelo, sua escolha.

Vocês lembram do vídeo de Dove que postei outro dia? (AQUI) – Desde que eu assisti fiquei um tanto quanto pensativa acreditam? Realmente acredito na mensagem de que a gente tem que escolher o cabelo que a gente quer ter, afinal, ele é nosso! Nós somos as melhores pessoas para decidir como queremos usá-lo!

IMG_9080

Eu confesso que sou um pouco medrosa para mudanças mas um dia resolvi dar uma “radicalizada” e fazer algo que eu tinha MUITA vontade, – Lembram quando tive as pontas azuis? Nossa eu amei muito! Tem gente que estranha cabelo colorido, diz que é coisa de alternativos. Eu amava, achava o máximo meu blue hair de sereia. E combinou tanto com o meu astral. Vocês sabem que sou super alegre, brincalhona. Foi tão legal ter um cabelo que refletia minha personalidade. Acho que me deu ainda mais originalidade.

Logo que mudei, (claro) recebi olhares e comentários de outras pessoas que achavam que não combinava comigo. Mas eu não me abalei, sabe por quê? Porque eu me via no espelho e amava! E mais… essas mesmas pessoas que criticaram depois tavam amando junto comigo. Trata-se também de uma questão de sair da zona de conforto.

bluehair

Inclusive, pensando nessa história de ter o cabelo que quiser sem medo, relembrando dessa época do cabelo colorido, e vendo várias fotos no pinterest, me bateu uma vontade.. Será?

coloridohair

Fala sério demais. – Dá aquele friozinho na barriga quando a gente pensa em mudar o cabelo. Será que vai ficar bom? Será que meu namorado vai gostar? Química vai detonar meu cabelo! Pra deixar o cabelo bonito tem solução e no fim, quem tem que gostar do estilo do cabelo é a gente! Se não deu certo, parte pra outra, muda de novo sem medo! O divertido é testar, experimentar e descobrir o que mais combina com você, com seu jeito.

dove2

Vocês já deixaram de usar o cabelo de um jeito pensando no que as pessoas vão achar? Então, meu recado é esse: você morre de vontade de mudar o cabelo? MUDE! É o seu cabelo, é sua a escolha de usar ele como quiser! Nada de ser de um jeito só para agradar os outros. 

038 comments
Jade Seba

writer

BIG BOSS, blogueira nascida em Santos. Ama miojo e não abre mão do seu leite com toddy. Também gosta de se inspirar no street style da galera e mostrar seus looks na internet.

38 Comments

helena

Oi, Jade! vi que esta publicação ja antiga mas falei na msm! tinha o cabelo comprido e depois decidi cortá-lo como rapaz! ao inicio adorei e identificava muito com ele, só que as pessoas diziam que tava excelente mas nas costas criticavam muito!! a minha mãe chegou a dizer que parecia maria-rapaz, mas n tem nada a ver com a sexualidade!! Agora só penso em deixá-lo crescer para agradar os outros, mas não me identifico com esse corte!! Por favor me ajude já n sei o que fazer porque gostava de o ter curto mas tenho receio do que as outras pessoas vão dizer (elas até acham que eu sou lésbica mas isso não tem nada a ver simplesmente gosto de o ter assim)! Acho que não tenho força para encarar o que as outras pessoas me dizem! se pudesse deixar alguma opinião agradecia!!

Responder

Jade Seba

Jade Seba

Oiii. olha, QUALQUER COISA que a gente faça sempre vai ter alguém pra criticar ou fazer um comentário negativo! eu já passei muuito por isso e passo até hoje! O segredo ta no jeito que lidamos com essas coisas. Eu sei que não é fácil, mas com o tempo a gente aprende que nada é mais importante que a nossa felicidade! Se você é feliz com cabelo curto, não abra mão disso por opiniões de outros. Uma dica: as vezes quando criticamos uma coisa, é porque a gente queria fazer igual mas não tem coragem! então resumindo: SEJA FELIZ e não se importe com comentários ruins. Faça o que seu coração manda ❤️

Responder

Evelyn

Oi Jade, meu cabelo sempre foi cacheado e sempre adorei cabelo liso/escovado mas só usava ele assim pra alguma ocasião e em Julho do ano passado resolvi mudar e fiz progressiva e ameeeeei o resultado,e já tô pensando em mudar novamente mas dessa vez com coloração, quem sabe um blue hair? Acho que super ia combinar com meus olhos azuis. Beijinhos, você é inspiradora! (Seu irmão é um gato e já me stalkeo no insta ?)

Responder

Bruna Nascimento

É muito legal ver você falando sobre isso, mudanças, de vez enquanto é tão bom, tão legal. Quando estava no terceiro ano, no meio do ano, resolvi mudar, sempre tive meu cabelo grande, quase batendo na bunda, e de repente apareci com o cabelo na altura do ombro, uma das coisas que mais ouvi foi “você é louca” , minha mãe falou que ficou horrivel, juro que ela usou essa palavra. Os comentários e os olhares são os mais difíceis de lidar, mas sempre o que vai importar é se você gostar da mudança. Eu me redescobri depois de cortar o cabelo, me senti livre, me senti leve, Recomendo para todos, experimentem mudar!

Responder

Jade Seba

Jade Seba

Exatamente! Antes de mais nada você precisa se sentir bem consigo! eu amo mudar e acho que todos deveriam fazer o mesmo! parabéns pela sua atitude ?

Responder

Naná Góes

Meu cabelo natural é ondulado e cheio, beeem cheio, e eu sempre tive vontade de alisa-lo, não pelo fato dele ser ondulado, mas pelo volume mesmo. Eu até gostava das minhas ondas, eram bonitas, mas o que me incomodava mesmo era o volume, porque eu moro em Macapá e com o calor dessa cidade eu sempre preferi deixar o cabelo na altura dos ombros e com esse corte, ele ficava mais cheio ainda. E eu ficava muito estressada na hora de sair porque, às vezes, eu queria deixar solto mas não podia por causa do bendito volume, aí eu tinha que fazer chapinha, escova etc.. e pense em uma pessoa que tem preguiça de fazer isso, sou eu! kkkk
Enfim, eu vivia falando para a minha mãe que eu queria fazer algo para, pelo menos, diminuir o volume e ela sempre dizia que não, pelo falo de ser química, ela falava que iria acabar com o meu cabelo. A outra desculpa era que eu ainda não tinha idade pra isso, que quando eu completasse 15 anos ela pensaria no meu caso ¬-¬
Até que chegou 2016, chegou fevereiro e eu completei 15 anos (amém Senhor, glória a Deus), aí eu falei para ela que iria fazer uma selagem e ela disse que iria pensar se deixava. Meu aniversário foi dia 14 e minha tia disse para eu escolher o que eu queria de presente e, óbvio, que eu disse que queria meu cabelo kkkk
Ela me levou no salão, eu fiz a selagem e, sim, foi sem a resposta exata da minha mãe. Eu posso ter errado de fazer sem o consentimento dela, sim, mas se não fosse assim eu tava até hoje insatisfeita. E no final ela gostou do resultado, disse até que ficou melhor assim. kkkk
Tenho uma tia que diz que eu não deveria ter feito, porque Deus me deu ondas não um cabelo liso, era com as minhas ondas que eu deveria ficar. Mas eu acho que se fosse assim, ele não teria nos dado o livre-arbítrio, teria sido tudo do jeitinho que ele queria desde o começo, mas não, ele nos concedeu direito de escolha e se eu posso escolher algo que me deixe feliz não tem porque eu não fazer.
Agora, se ele me disser: “Filha deixe sair toda essa química do seu cabelo. Te quero com suas ondas de volta!”, eu como boa serva que sou, terei que acatar. Se o papai falou, tá falado! Mas se isso não acontecer, vou ser feliz com o cabelo que eu escolhi pra mim, não é mesmo?!

Adorei o post, vc arrasa sempre! Beijo amor <3

Responder

Ingryd yndy

Super mim encorajou a mudar ?Amei !!!!!

Responder

Jade Seba

Jade Seba

serioo?? que bom saber disso!!! ?

Responder

Agata Costa

Eu tenho química no cabelo (progressiva) fiz ombre hair em dezembro e num intervalo ou outro estava de cabelo colorido e tipo muita gente vem me perguntar como meu cabelo não caiu? Como que ele continua hidratado? Minha resposta é que eu passo mais tempo cuidando do meu cabelo do que cuidando da vida dos outros! Eu amo cabelo colorido de paixão! Já tive as pontas roxas depois rosa e depois passei o rosa no cabelo todo kkk e agora to louca pra deixar ele azul ou branco e as pessoas ao meu redor continuam a criticar achando que vão me desanimar mas pra mim entra em um ouvido e sai pelo outro! Como já disse pro meu namorado só vou parar se algum dia eu ficar careca pois o cabelo é meu e eu decido oq faço com ele! E jadoca seu cabelo é um espetaculo de lindo queria ver ele colorido de novo! Haha ?❤❤

Responder

Jade Seba

Jade Seba

É isso aí!! O importante é a gente gostar e se amar! podemos mudar sim, mas sem esquecer de NUNCA deixar de cuidar do cabelo! Se fizer isso nao tem erro. Super beijoo

Responder

juliana feijó

Tenho muita vontade de fazer mechas ombré,mas tenho aquele medo pq meu cabelo é cacheado,é nunca usei Química nele. Sempre demonstrei esse interesse mas tive medo de ficar aspecto seco demais ou perder as formas do meu cacho.
Mas esse ano tô quase decidida à fazer ainda falta pouco de coragem.

Responder

Lara Conrado

verdade as pessoas criticam muito, e se acham que sabem tudo!!!! as vezes você pode querer pintar de branco mais elas sempre estão ali pra te criticar, e as pessoas ficam com medo e não se arriscam, acaba que o branco podia ficar lindo mais com medo a pessoa não fez!!!! a opinião dos outros não importa!! oque importa é a sua porque o cabelo é seu, você tem que se sentir bem com k cabelo do jeito que você quiser, ruivo, moreno, loiro, colorido do jeito que for mais se você se sentir bem assim que você tem que ficar!!!!!! #SEUCABELOSUAESCOLHA

Responder

Jade Seba

Jade Seba

exataaamente! ser influenciado nem sempre é positivo. o importante é você se sentir bem com voce mesma, se aceitar do jeito que é, se não gostar… MUDE! e mude sem medo, porque a vida é uma só.

Responder

Déborah França

Oi Jade, tudo bem? O meu problema de mudar sempre foi em questão de sair da zona de conforto. Sou apaixonada no meu cabelo, mas sempre quis por.azul nele, cheguei a ganhar a tinta pra poder mudar; mas tenho medo de não gostar e não.consegui a cor original do meu cabelo de volta. Ainda mais agora que.estou na faculdade, a procura de emprego, os contratantes sempre tem um certo preconceito com pessoas de cabelos coloridos, tenho medo de mudar e não conseguir um emprego, já estou mais de um ano tentando mudar, mas não sei o que fazer agora.

Responder

Jade Seba

Jade Seba

esse preconceito existe MESMO! e estamos ai pra quebra-lo não é mesmo? inclusive foi uma das coisas que mais me chamaram atenção na campanha.a cor do seu cabelo não determina o quão profissional você é não é mesmo??? aos poucos se levantarmos essa “bandeira” as pessoas vão quebrando esses tabus.

Responder

Lara

Há dois anos tenho uma vontade enorme de cortar o cabelo no ombro, mas sempre acaba arregando e cortando só um pouco, no máximo na altura do peito kkkkk coragem zero! Hahahah nessas últimas semanas voltou essa vontade, mas com todo mundo que eu comentava, dizia pra eu nao fazer isso pq meu cabelo ta maravilhoso assim e bla bla bla. Já tava até desanimando, quando agora vc e a Nah surgiram com esse assunto e super me incentivou novamente!! Já falei com a minha mãe (que odeia cabelo curto ??) e ela autorizou, espero que essa semana eu corte hahah ? Obg pelo apoio! E sobre o seu blue hair, sempre achei maravilhoso, afinal, cê fica maravilhosa de qualquer jeito haha

Responder

Jade Seba

Jade Seba

medo de cortar?? se joooooogaaaaaaa.. cabelo cresce e super rápido! fora iss hoje em dia existem vários apliques maras, tenho um de tic tac que apesar de ter usado pouco eu super amo.

Responder

Thaina Calazans

Eu sempre quis fazer californiana… Tenho um cabelo enorme, ondulado nas pontas e liso em cima… Criei coragem e fui! Porém, a cabeleireira deixou tempo demais o produto no meu cabelo, resultado? Meu cabelo caiu! Eu tinha um cabelo que ia até a minha cintura e sai do salão com o cabelo no ombro. Fiquei traumatizada, foram meses só lavando cabelo no salão, muuuuuita hidratação pra tentar recuperar meu cabelo. Hoje ele está normal, amém! Kkkk traumatizei e agora acho que não tenho mais coragem pra pintar 🙁

Responder

Jade Seba

Jade Seba

OMGGGGG!!! realmente esses traumas são difíceis de superar, já vi acontecer bastante. Por isso é tão importante a escolha do profissional que vai cuidar do seu cabelo.. uma dica boa também é começar a trata-lo antes da química, pra preparar ele pra esse processo mais “chatinho”.

Responder

Thais Gonçalves

Antes tinha um certo medo de mudar o cabelo,medo de não ficar bom ,de me arrepender,dos outros falarem algo
Mas sou uma pessoa meio inquieta e enjôo muito rápido das coisas,tomei coragem e fiz altas mudanças hahahha
Já tive cabelo cumprido quase na cintura,já tive cabelo com as pontas azuis(como as suas),roxas(que eu fiquei super apaixonada também),já fiz as pontas loiras meio platinada, e atualmente cortei meu cabelo enorme pra cima do ombro e estou super feliz! Mudar é preciso e se sentir confortável com você é o mais importante e tudo que eu aprendi foi que se ta com vontade de mudar:mude,independente do que falam,do que pensam o importante é estar feliz com você
E já estou pensando na minha próxima mudança kkkk já estou enjoando de novo
Beijossss jade

Responder

Jade Seba

Jade Seba

que incríiiivel. Confesso que eu gostaria de ter essa coragem toda pra estar mudando sempre, o azul foi um super avanço pra mim! aos pouquinhos a gnt vai se encorajando né?

Responder

maria clara

jade eu amo mudar cor do meu cabelo\cortar mas cortar nem tanto pois se corta depois eh dificil crescer rápido e tambem tem gente que n gosta de mudar pois fica preucupado se o crush vai gostar a gente fica muito feliz quando eles gostam e agente faz sem pensar em quem vai gostar mas o cabelo eh da gente então se a gente gostou quem tem a ver com isso se o cabelo é da gente ne jade… BJS LINDONA

Responder

Joana Caldeira

Eu sei que não é bem o mesmo, mas eu fiz franja à pouco tempo e andava para mudar meu penteado faz muito tempo, foi graças ao incentivo da minha mãe… Eu fico sempre com muito medo de mudar o meu cabelo e não gostar, amo ele demais
Jadeeeeeeeeee, volta a pintar as pontinhas do teu cabelo… Tu és fantástica, mas estavas perfeita com o cabelo azul, saudades! <3
Beijinhos da tuga,
Joana Caldeira

Responder

Jade Seba

Jade Seba

o importante é nao pensar nos outros e ser felizzzz!

Responder

Taís Pessoa

Eu super defendo o ponto de vista de quem diz: MEU CABELO, MINHAS ESCOLHAS. Se realmente te faz bem e feliz ter o cabelo diferente das outras porquê motivo ligar tanto para o que as pessoas vão dizer? Será que vale a pena mesmo se importar mais com as opiniões alheias do que com a própria satisfação do que diz a respeito sobre você. MEU RECADO É: QUER MUDAR? MUDE. QUER SE SENTIR BEM BEM? SINTA-SE! Beijos.

Responder

Jade Seba

Jade Seba

exatamenteee!! falou tudoooooo

Responder

Helena Sales de Moura

MIGAAAAAAAAAA, SUA LOUCAAAAAAAAAAAAAA!! Me sentir lendo esse post, sério, não tenho palavras. Sabe uma pessoa que tinha medo absurdo de mudar ? Euzinha, e foi horrível. Eu to desde do ano passado em transição capilar, porque resolvi me assumir, gostar de mim. Tinha o cabelo de química barata e chapinha mal feita, e nossa sofria, meu cabelo estava um lixo, minha auto estima um lixo também, e depois de tantas conversas e amigas dizendo para voltar ao natural. Resolvi pesquisar e voltar sabe ?! Foi a realização da minha vida, corta doeu, doeu muuuito, mas foi o certo. Nunca me sentir, tão eu, com meus cachos, com cabelo solto. E acredita que teve ainda uma escrota no youtube que me fez chorar ? Dizendo que meu cabelo era ruim ?…. ” Poste meu feito no facebook dia 15 de fevereiro… > Navegando pelo meu facebook me deparo com um post de uma blogueira daqui de Recife, defensora do empoderamento e etc. Revoltada, super revoltada e muito mais ativa na sua luta, por causa de uma youtuber, que postou o vídeo. “Vantagens de ter cabelo ruim -danificados”. Fui assistir neh, esperava aquele racismo super articulado, aquela coisa toda. Aí notei a forma dela gerar o preconceito, ela começa numa brincadeira, ela vai fazendo isso de forma que a pessoa se sinta humilhada. E sim, eu me sentir,muito triste, muito mal. Porque pessoas como ela, e pessoas que estão na minha convivência, não sabem o quanto é difícil para mim, e para outras milhares de meninas, largarem um monte de química, sua chapinha diária. De forma abrir mão do que se entende por identidade e se assumir, viver cada processo, que na maiorias das vezes não é fácil. Tem noção que nas fases que se embarca numa transição capilar, você não optar por ter cabelo cacheado, se escolher ser você mesma, assumir o que você tem de melhor, ou seja, ser natural, ser como Deus te fez. E não é fácil, porque abrindo se mão de tudo que te mascarava, você percebe o dano, o tufo, a falta de controle, sua auto estima baixa, você só pensa em prender e fica mal, achando que todo mundo tá rindo do seu cabelo, e a gota dágua é quando pessoas que você ama, tipo pai e alguns outros (porque amigo FDP quero longe), perguntam porque você não alisa, pq você ta deixando assim, pq seu cabelo vai estragar, sim estragar enquanto ele passa pelo processo de ficar natural. Acarretando tudo isso se tem uma idiota, FDP, postando um vídeo que lista pelo que você passou ou está passando, de forma que se sinta humilhada e mal. Mas te digo cara menina do vídeo, você só me deixou com mais desejo e mais prazer de permanecer longe desse tão sonhado cabelo bom, sabe, meu cabelo é bom, meus cachos são lindos, eles estão voltando e fico besta como em comparação ( quem me conhece se lembra), com meu cabelo com química e chapinha, está bem melhor hoje. Você por um momento me fez ficar para baixo, mas só foi 1% tá ?! Os outros 99% me fizeram lembra que eu estou me AMANDO, não importa seu vídeo preconceituoso.” Nisso tudo, eu apoio e amo muito essa campanha da dove, porque se amar é difícil demais é mudar e logo se aceitar, piorou. Mas deveria e é normal, você se encontra. Ainw Jade, desabafei. kkkkkkk BEIJOOOS PARABÉNS PELO MELHOR POST DE 2016 <3

Responder

Jade Seba

Jade Seba

UAUUUUU!! arrasou muuuuuito no desabafo, sem palavras pra vc! me arrepio muito com esses depoimentos e vc ta mais do que certa, se aceitar é melhor coisa que tem, e é o que a campanha diz, SEU CABELO, SUA ESCOLHA. Ninguem tem que interferir no que te faz feliz e que isso sirva nao so pro cabelo mas pra tudo na vida. AMEIIIII 🙂

Responder

Luíza Lacerda

Oi Jade, eu sou uma grande admiradora da sua pessoa. De coração, tenho um amor, carinho, e admiração enorme por você, pelo seu jeito, pela sua personalidade, seu carisma, sua fé… Estou fazendo este comentário de coração. Sempre fui apaixonada por cabelo azul, e sempre admirei quem foi corajoso o suficiente para pintar, pois eu não era. Sempre me identifiquei muito com você, e sempre me vejo, em alguns aspectos, como você (inclusive fazemos aniversário no mesmo dia). Sou morena como você, meu cabelo é castanho, e nunca tive coragem de mudar, nem ao menos mexer em uma mexa se quer. Quando você fez seu Blue Hair, eu fiquei completamente encantada. Moro em uma cidade pequena, no interior de Minas Gerais, e aqui a questão de “ser diferente”, é muito “condenada”, criticada, vista com maus olhos, e muito julgada também pelo lado de religião. Fiquei 2015 inteiro pensando na possibilidade de pintar meu cabelo, mas não tive coragem e apoio suficiente. Te acompanho sempre, e não me esqueço de um dia que você comentou no snap sobre um assunto muito importante. Lembro-me de que você disse que não devemos temer as críticas, opniões, julgamentos dos outros, e nunca devemos deixar de ser quem somos. Se temos vontade de algo, devemos correr atrás, lutar para conseguirmos, e Deus sempre irá nos apoiar e cuidar de nós. Independente se mudarmos a cor do nosso cabelo, se mudarmos nosso corpo, independente da cor da nossa pele, do nosso jeito de viver, o amor que Deus tem por nós nunca irá mudar, e minha fé e gratidão por Ele também não. Um “cabelo colorido” não é nada comparado ao quanto meu amor por Deus é grandioso, e o quanto Ele é maravilhoso para mim, e para todos nós! Você me motivou muito, e está sempre me motivando. À um mês atrás, eu resolvi criar coragem, decidi não importar com o que os outros iriam falar, ou pensar de mim, resolvi querer mudar. Eu não mudaria minha personalidade por simplesmente mudar meu cabelo, e isso nunca iria me afastar do Senhor, e você me ajudou a perceber isso! É incrível como hoje em dia, no mundo em que vivemos, as pessoas ainda tenham medo de ser quem realmente são e fazer o que realmente querem por medo de críticas alheias. Eu resolvi não ter esse medo mais, MUDEI. Resolvi ter a coragem que sempre admirei, e fazer uma coisa que sempre tive vontade. À 3 semanas eu pintei meu cabelo, fiz meu Blue Hair, e estou muito orgulhosa e satisfeita comigo mesma, recebi várias críticas, e vários dedos foram apontados a mim, mas eu não deixei de ser quem eu sou, ou de estar ao lado de Deus. Continuo tendo a mesma fé, e amando a Deus da mesma maneira, e sei que o amor dele por mim também continua o mesmo, e que ele está comigo todos os dias. Estou muito feliz em ter conseguido mudar, e fazer algo que sempre tive vontade, e com a sua ajuda. Você me motivou. A quem estiver lendo, deixo essa mensagem. Não deixem de fazer o que querem, o que tenham vontade, por medo de o que as pessoas vão pensar, ou por medo de críticas e julgamentos. Ninguém é Deus para te julgar. Não tenham medo de mudar, as coisas não precisam ser tabeladas, e muito menos uma coisa que é nossa, como o nosso cabelo. Façam o que tenham vontade, faça seu cabelo do seu jeito. SEU CABELO, SUA ESCOLHA.
E à você Jade, quero agradecer por me motivar a mudar e me inspirar a fazer o MEU CABELO DO MEU JEITO. Que Deus te abençoe sempre, e que você sempre seja essa pessoa cheia de luz, iluminada por Ele. De uma grande fã e admiradora.
@luiizalacerda

Responder

Jade Seba

Jade Seba

MEUUUUUUU, que comentário incríveeel. SÉRIO!!!! to sem palavras pra vc, o que posso resumir é que DEUS TE AMA MUITO, seja do jeito que vc quiserrr que Ele vai seeeeeempre te amar!!!!!! muitoooo obrigada por me deixar tao feliz com esse comentario s2

Responder

Mariane Batista

Jade , acho meu cabelo um pouco parecido com o seu, tanto na cor como no tipo. Sempre tive vontade de ter cabelo colorido (ou ser ruiva), mas minha mãe nunca permitiu. Apesar de ter quase 17, várias pessoas me falam para eu fazer algo diferente no meu cabelo, como fazer ombrehair no tom de mel ou loiro, mas nunca tive coragem , pois tenho medo de dar muito trabalho ( e também gosto a cor do meu cabelo natural ). Então eu sempre arrisquei fazer cortes diferentes tanto nele comprido, como curto, pelo fato dele crescer muito rápido. “Na maioria das vezes que cortei, oque eu mais ouvia era “Você é louca”“ eu sempre quis ter o cabelo comprido e você cortando o seu que estava enorme “ hahah . Amei este post , e amo os post do seu blog , suas fotos , e principalmente seus snaps haha beijos!!!

Responder

Jade Seba

Jade Seba

vc tem que ter o seu cabelo do jeito que vc gosta independente de qualquer coisa! se ele natural é o jeito que te agrada vai funnnndo.. Eu amo o meu cabelo como ele é, mas mudar é sempre legal né? nao precisa ser na cor, existem varias formas de mudar sem precisar de quimica!!! seu cabelo sua escolha
🙂

Responder

Dudaah Lima

Sempre tive vontade de ter o cabelo vermelho, mas sou morena e tenho o cabelo cacheado. Tenho medo de ficar feio e de estragar meu cabelo.

Responder

Jade Seba

Jade Seba

se vc tem vontade vai funnnndo! o maximo q vai acontecer eh vc nao gostar e voltar pra sua cor natural. #superapoio

Responder

Isadora

Na verdade, sim! Mas por medo da profissão que escolhi. Faço direito, hoje em dia só nós jovens que temos a cabeça aberta. Ainda existe muito preconceito por pessoas mais velhas, de outra geração, empresas grandes e conceituadas. Tenho medo de não arranjar emprego, de não me darem oportunidade de trabalhar por conta da minha cor de cabelo!

Responder

Jade Seba

Jade Seba

exatamente.. o maior problema do mundo é o pre conceito! super te entendo e o q mais gostei da campanha foi essa questao de quebrar barreiras

Responder

Giovanna

Toda vez que penso em cortar o cabelo os meus amigos e família sempre falam que nao vai ficar bom, que nao combina e ai nunca faço nada. uero mudar, mas eles me desanimam, sabe? É horrível. Obrigada pelo texto. Me inspirou muito!!! E realmente se ficarmos dependendo da opinião alheia nunca vamos mudar, porque sempre vao ver defeito. Beijoss, Jade. Voce me inspira. 🙂

Responder

Jade Seba

Jade Seba

siiiiiim, é sempre assim. e pior é que tem muita gente que fala que vai ficar ruim e depois que ve o resultado AMA, nao é mesmo?

Responder

Leave a Reply

Follow me @jadeseba

%d blogueiros gostam disto: