Cine&Music, NEWS,

Green Book, Bohemian Rhapsody e Lady Gaga: highlights do Oscar 2019

Green Book, Bohemian Rhapsody e Lady Gaga: highlights do Oscar 2019

O Oscar 2019 aconteceu neste domingo (24), no Dolby Theater, em Los Angeles. A 91ª edição do prêmio foi um sucesso, apesar de não ter tido um anfitrião oficial, como na maioria das vezes. O favorito da noite foi Green Book, o filme que conta a história real de um grande pianista em turnê pelos estados mais racistas dos EUA. A premiação foi marcada por piadas políticas, performances musicais maravilhosas e um grande equilíbrio entre os filmes vencedores.

E quem abriu a cerimônia do Oscar 2019 foi a própria banda Queen, com um medley de “We Will Rock You” e “We Are The Champions” com vocal de Adam Lambert. Jennifer Hudson também subiu ao palco para cantar “I’ll Fight”, do filme RBG, assim como o ícone eterno da música Bette Midler. Midler cantou a emocionante indicada à melhor música, “The Place Where Lost Things Go”, de Mary Poppins Returns.

Para apresentar uma das concorrentes da noite, a canção “When a Cowboy Trades His Spurs for Wings”, subiu ao palco a ganhadora do Grammy 2019, Kacey Musgraves. E, encerrando as performances musicais, tivemos a tão esperada “Shallow”, interpretada por Lady Gaga e Bradley Cooper. O casal arrancou elogios pela performance, inclusive teatral, da canção que levou o Oscar de “Melhor Canção Original”.

Entre os discursos, os maiores destaques foram de Regina King, Rami Malek, Lady Gaga e Olivia Colman.

“Estar aqui em cima, representando um dos maiores artistas dessa geração, James Baldwin, é um tanto surreal”, disse Regina antes de agradecer à mãe que estava na plateia. “Eu sou um exemplo do que acontece quando você derrama amor e apoio em alguém”.

Lady Gaga disse, em prantos: “Bradley, não tem ninguém no mundo que poderia ter cantado essa música comigo que não fosse você! Obrigada por acreditar em nós! Se você está em casa, sentado no sofá, e está assistindo ao prêmio, isso aqui é trabalho duro. Eu trabalhei duro por muito tempo e não é sobre vencer, mas trata-se de não desistir. Se você tem um sonho, lute por ele”.

Rami Malek, ao subir ao palco para aceitar o Oscar de “Melhor Ator”, também emocionou: “Talvez eu não tenha sido uma escolha óbvia, mas funcionou. Obrigado ao Queen, eu terei para sempre uma dívida com vocês. Equipe, elenco, vocês são maiores que eu. Nós fizemos um filme sobre um homem, gay, imigrante, que viveu a vida sem pedir desculpas. Estar aqui homenageando ele só prova que precisamos de mais histórias assim”. E ainda completou, dizendo: “Parte da minha história está sendo escrita agora e eu não poderia estar mais grato do que agora. Isso é algo que eu vou guardar pelo resto da minha vida”.

E por fim, Olivia Colman surpreendeu a todos, inclusive a ela mesma, ao levar o Oscar – merecidíssimo – de “Melhor Atriz” por seu papel no filme A Favorita. A atriz subiu ao palco e brincou “Nossa, isso é realmente estressante. É hilário, eu ganhei um Oscar”. E ainda completou direcionando o discurso à Glenn Close, que estava indicada na mesma categoria por seu papel em A Esposa: “Glenn Close, você foi meu ídolo por tanto tempo, e eu não achei que isso fosse acontecer dessa forma. Acho que você é incrível e te amo muito. Amo todos vocês”.

Confira a lista completa de vencedores:

Melhor Filme: Green Book

Melhor Ator: Rami Malek – Bohemian Rhapsody

Melhor Atriz: Olivia Colman – A Favorita

Melhor Direção: Roma – Alfonso Cuarón

Melho Atriz Coadjuvante: Regina King – Se a Rua Beale Falasse

Melhor Ator Coadjuvante: Mahershala Ali – Green Book – O Guia

Melhor Figurino: Pantera Negra

Melhor Mixagem de Som: Bohemian Rhapsody

Melhor Edição de Som: Bohemian Rhapsody

Melhor Curta-metragem: Skin

Melhor Trilha Sonora: Pantera Negra

Melhor Edição: Bohemian Rhapsody

Melhor Curta em Animação: Bao

Melhor Filme Estrangeiro: Roma – México

Melhor Documentário em Curta-metragem: Period.

Melhor Documentário em Longa-metragem: Free Solo

Melhor Design de Produção: Pantera Negra

Melhor Animação: Homem-Aranha no Aranhaverso

Melhor Fotografia: Roma

Melhores Efeitos Visuais: O Primeiro Homem

Melhor Roteiro Adaptado: Infiltrado na Klan

Melhor Canção Original: “Shallow”, Nasce uma Estrela

Melhor Roteiro Original: Green Book

Melhor Maquiagem: Vice

Green Book, Bohemian Rhapsody e Lady Gaga: highlights do Oscar 2019

0no comment
Jade Seba

writer

BIG BOSS, blogueira nascida em Santos. Ama miojo e não abre mão do seu leite com toddy. Também gosta de se inspirar no street style da galera e mostrar seus looks na internet.

Leave a Reply

Follow me @jadeseba

%d blogueiros gostam disto: