Cine&Music, TOP 5,

Top5: Séries que não deveriam ter sido canceladas

Top5 Filmes românticos da Netflix para te fazer chorar

Para muitos, não há nada pior que se apaixonar por uma série, por seu enredo e por seus personagens, apenas para receber a notícia de que ela acabou, ou melhor, foi forçada a acabar. Esse Top5 mostra alguns dos piores casos de cancelamento prematuro e, francamente, desnecessário para o público.

1. The Class

the-class-foto

Essa série foi criada por David Crane, um dos criadores de Friends, e era exibida na Warner aqui no Brasil. Apesar do sucesso, foi cancelada após uma temporada. A trama gira em torno de um grupo de pessoas que estudaram juntos no primário e, quase vinte anos depois, se reúnem pois um deles decide pedir a noiva em casamento. Todos acabam resgatando as amizades, trazendo com cada episódio uma novidade hilária e o último termina com um gancho ENORME para a próxima temporada, que nunca chegou. 

2. Pushing Daisies

pushing-daisies-foto

Incrivelmente muito premiada, essa série tinha uma história que, infelizmente, foi pouco compreendida. Ned, com apenas um toque, era capaz de ressuscitar os mortos, ou matá-los permanentemente se ele os tocasse novamente. Também, se ele deixasse a pessoa ressuscitada viva por mais de 60 segundos, alguém morreria no lugar dela. Com certeza era uma dessas séries sem definição exata (suspense, drama, comédia, mistério, crimes), mas o romance entre Ned e Chuck funcionava como gancho principal, uma vez que ele não poderia jamais tocar a mulher que amava, que já havia sido ressuscitada. Apesar do enredo pesado, a fotografia contrastava bem, usando cores e imagens alegres para deixar tudo mais leve.

3. Jack & Jill

jack-and-jill-foto

Exibida no Brasil pela Warner e SBT, com apenas duas temporadas e uma história relativamente “comum”, essa série foi capaz de prender a atenção dos fãs. No altar, prestes a se casar, Jack descobre que seu noivo a trai com sua amiga. Sua reação instantânea é pegar o carro e fugir para Nova Iorque, planejando morar com uma amiga da faculdade que nem convidou para o casamento. No prédio de sua nova colega de quarto, mora também Jill, um designer de brinquedos que, logo de cara, percebemos que será a outra metade do par romântico. Assim como The Class, o último episódio também deixa um mistério no ar.

4. Hannibal

hannibal-logo

FBI e Will Graham, um talentoso fornecedor de perfis criminosos, buscam um serial killer. A mente de Graham, porém, funciona de uma forma diferente. Ele consegue ter empatia com qualquer um, até mesmo psicopatas, mas o caso se torna tão complicado que ele precisa pedir ajuda. O Doutor Hannibal Lecter, um dos maiores psiquiatras do país, junta-se a Will para formar uma parceria imbatível. Teve um elenco incrível, efeitos especiais muito bem feitos, roteiro impecável e uma audiência suficiente, que se revoltou com o cancelamento mal explicado da série.

5. Freaks and Geeks

freaks-and-geeks

Em 1980, no colégio McKinley High, existem dois grupos de adolescentes. Os Freaks tem o carismático Daniel Desario e a maria-muleque Lindsay Weir, enquanto os Geeks tem o tímido Sam, irmão mais novo de Lindsay, o doce Bill Haverchuck e o quero-ser-mulherengo Neal Schweiber. Pode ser apenas mais uma comédia dramática que conta a história de adolescentes crescendo, tentando lidar com a juventude e todos os problemas inclusos, mas com Jason Segel (How I Met Your Mother), James Franco e Seth Rogen (A Entrevista) no elenco, será que essa série não merecia mais de 18 episódios?

BÔNUS TRACK – Family Guy

family-guy

A série dispensa muitas apresentações, mas essa animação é a prova do poder dos fãs. Cancelada após três temporadas pela Fox, a emissora lançou DVDs com os episódios, como um presente de despedida. A venda desses DVDs foi tão extraordinária que a Fox percebeu o quanto poderia ganhar com Family Guy. Depois disso, a série se tornou a primeira animação, desde Os Flinstones em 1961, a ser nomeada na categoria de comédia dos Emmy Awards – o Oscar da televisão. Diferente dos outros casos desse Top5, a série voltou e faz sucesso até hoje, sem nenhum sinal de cancelamento.

0no comment
Jade Seba

writer

BIG BOSS, blogueira nascida em Santos. Ama miojo e não abre mão do seu leite com toddy. Também gosta de se inspirar no street style da galera e mostrar seus looks na internet.

Leave a Reply

Follow me @jadeseba

%d blogueiros gostam disto: